quarta-feira, 10 de setembro de 2014

 
Sei bem a cor dos teus pensamentos
pensar-te...
faz-me recordar os nossos bons momentos
...os que ainda não vivemos,
mas,...
já são nossos por inteiro,
sei como são as tuas mãos,
como são os sorrisos,
e onde te levam os teus passos
até sei como são os teus abraços
Sei,
como és da cabeça aos pés
as cores que mais gostas,
e nas corridas,em que carro apostas
sei,
sei que me queres e que te quero
sei,
sei onde vou e como te espero!
Adelina Charneca

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...