terça-feira, 27 de janeiro de 2015


Por meu nome me apropriei de ti,
por minha dor me comparo
por minhas entranhas aqui te senti,
por ti,
por mim,
charneca em flor
por querer-te me apagarei
por amar-te em ti viverei,...
ohhhh...
por sonhar-te tanto,
mais te sonharei,
por sorrir-te,
para que me sorrias,
a minha vida darei!
Adelina Charneca

Sem comentários: