terça-feira, 27 de janeiro de 2015


Poema incapacidade
Queria escrever-te o mais belo poema
mas faltam-me as palavras
queria cantar-te a mais terna canção
e faltou-me a voz
queria tocar-te no rosto de forma doce
mas não sei quebrar a distância
queria escutar o teu silêncio
mas não sei fazer mímica
queria porque queria abraçar-te
não tenho forças para apertar os braços
queria beijar-te suavemente
mas descobri que não tenho lábios
queria afogar-me em ti
mas falta-me o ar
queria voar,mas não tenho asas.
Adelina Charneca

Sem comentários: