segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Meu último poema


Meu último poema♥

Hoje escrevo o último poema da minha vida ,♥
O poema que te trará ou afastará para sempre ♥
Na distância que o amor em saudade é capaz de suportar .♥
Amo-te e tu sabe-lo , ♥
Mas não desesperes,♥
Pois jamais este amor inconsequente te causará algum dano ,♥
Algum calafrio provocado pelo toque da minha pele contra a tua♥
Invisível criatura que me invade o pensamento ,♥
Me tortura a todo o momento , ♥
Me abana as estruturas ,♥
Invisível vive a meu lado♥
a sua sombra pedindo-me loucuras.♥
Inclino-me sobre o silêncio do teu ser invisível ,♥
Espero-o aguentando a escuridão que se dissipará na tua chegada que me fará desabrochar nos meus canteiros de estrelas e flores ,♥
Uma mão que me toca ,♥
me prende ,♥
me toma de assalto e me percorre a alma inquieta por indecisões várias.♥
Prenhes estão os meus dias de letras que crescem no meu caderno de apontamentos ,♥
dias proveitosos ,♥
dias longos pejados da tua imagem querendo afogar-me em abraços♥
nos teus silêncios que se ouvem ao longe ♥
como se fossem ondas no seu vaivém ♥
batendo com força nas rochas da enseada que é o meu corpo.♥
(EU)
27-02-2012

17.47h--

1 comentário:

chicailheu disse...

Este teu poema está no teu livro e é um dos meus preferidos!

Mas não será certamente o teu ÚLTIMO POEMA!

BEIJINHOS.

CHICAILHEU