quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

♥ Gostar de ser...para fazer!!!♥ ┊ ♥   ♥┊    ♥┊♥┊♥ ┊♥  ┊  ♥┊  ♥┊ ┊  ♥ ┊    ♥ ┊ ♥ ┊  ♥┊┊ ♥┊ ♥   ♥┊



Gostar de ser...para fazer!!!
       ┊♥┊♥ ┊♥                 ┊┊        ┊♥┊♥ ┊♥ 
Nas mãos ávidas de se tocarem pulsam sonhos que devagar na cadência dos dias distantes se cruzam como nuvens empurradas pelo vento forte que abana os galhos das árvores ainda despidos das vestes de Primavera.
A sofreguidão com que nascem em mim palavras ao acaso abandona-me no vento que me sopra devagar melodias inacabadas tocadas por mãos enfraquecidas que longínquas tocam no vazio da alma que de mim se separa no silêncio onde não há luz visível e a proximidade é uma miragem que se suporta apenas em sonhos ,como se chão corrido de soalho velho estivesse prestes a desfazer-se debaixo dos nossos pés rodopiamos de corpo enlaçado e rosto colado,a respiração confunde-se com as notas musicais que suavemente nos embalam.
No vendaval dos sentidos que toda a noite me afastou o sono desperta-me neste dia em que não existes;
__ O amanhecer esconde e afasta a noite e o vendaval que corta os lábios como lâminas açoita-me o rosto com rajadas violentas que o fustigam e maltratam.

Ao longe perdidos no azul do céu os olhos buscam a cura para o mal que os deixa ausentes da vida na sua frente querem encontrar outros olhos que levem as mãos ávidas num abraço de almas perdidas em noites que dão lugar a dias sempre iguais com o sol pendurado no tempo que do tempo anda perdido como ponteiro de relógio que perdeu o parafuso sem fuso a roca não fia e os segundos continuam intermináveis donos do infinito .   ┊♥┊♥        ┊♥┊♥ ┊♥                 ┊┊
     

(EU)
12-02-2012
17.10h

Sem comentários: