domingo, 26 de fevereiro de 2012

Hoje

A vida no seu computo geral encarrega-se de me ir devolvendo algumas coisas que no seu percurso me têm ficado pelo caminho , sempre  soube que na minha caminhada o todo poderoso tem-me afastado de tudo quanto me faz mal e deixa-me só com o que me faz bem ,assim dessa forma sempre me tenho sentido amparada e protegida tal como sinto os que mais amo e que me são imprescindíveis . Hoje recebi um presente da vida no almoço mensal do meu grupo de amigos virtuais’’mas pouco’’, veio até mim uma querida amiga de infância ,mesmo da 1ª infância dos bancos da escola primária e   grandes camaradas até por volta dos 16 , ou 17 anos ,confidentes  e compinchas de grandes loucuras até ao dia em que cada uma seguiu o seu rumo já só nos vindo a encontrar esporadicamente tendo cumprido 20 e tal anos sem que nada soubéssemos uma da outra .
De hoje em diante sou uma mulher mais completa garanto-vos , agora passarei a ter quem me leia e me identifique nos meus textos tal como sou , tal como me mostro ser ,sem falsos romantismos ou falso moralismo…saberá a Fátima onde está nas entrelinhas dos meus textos a minha dor!!!
(EU)
26-02-2012
17.30

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...