domingo, 26 de fevereiro de 2012

Meu abrigo???...

Hoje preciso de abrigo , tenho o meu sentir totalmente desprotegido , falta-me a sombra do meu refúgio , há dias em que ele parte e me deixa assim completamente à deriva por caminhos empedrados de pedras toscas e mal polidas onde tropeço a cada momento tornando os meus dias num tormento , a dor acolhe o meu ser na sua mais completa solidão , na perfeita sintonia com o vazio.
Deixo-me embalar pela musica que sai da telefonia , julgo ouvir…(mamãe , tu estás tão longe de mim…)não , estou a ouvir claramente , sinto-o, sinto cada palavra cravada na pele , cravada no musculo que me bombeia o sangue , e as lágrimas correm finalmente hoje livremente pela face , procurando o caminho da boca como se fossem tocar-me ao de leve como se fossem  beijos do amor que desejo…
Refúgio , abrigo , solidão , e o luar lá fora que cresce e brilha como se me chamasse a admirá-lo ,como se mostrasse que todos os dias lá estará para me iluminar o caminho depois de cada soluço , cada gemido sem amparo de quem está tão longe de mim…
(EU)
26-02-2012
22.30h

Sem comentários: