sábado, 18 de fevereiro de 2012

Foram tempos


Estão cheios…
os seus olhos estão cheios de não chorar
secaram em chuvas torrenciais que sempre alagaram a sua vida ,
os dias permaneceram idênticos  por demasiado tempo muitas horas ,
tantos minutos  que mais pareciam dias que não acabavam mais ,
noites de olhos abertos olhos alagados de tempestades assustadoras  
semeando o terror das vozes  
comparando-as ao rugir feroz de relâmpagos rasgando o céu ,
longe do ter mas perto do ser.
Completa-se um ciclo e fecha-se uma porta
a que retém incondicionalmente na sua memória todos os episódios
um por um contados em silêncio vividos em surdina.
O tempo ajuda a curar ,
o  tempo esse inefável coordenador de sentidos sem sentido  ,
o tempo é o melhor aliado de quem necessita sentir tudo apagado ,
esquecido lá no fundo da memória onde as memórias já não chegam ,
aí se faz justiça  a um tempo que está voltando ao tempo que antes de ser tempo…
já era tempo!!!
(EU)
18-02-2012
15.00h

Sem comentários: