quinta-feira, 29 de setembro de 2011


Museo do prado


Sou uma priviligiada,hoje estive junto(diria quase a tocar-lhe) de obras de arte que não me sinto habilitada a apreciar devidamente e com um olhar  apaixonado como certamente haverá muitas pessoas que o fariam;eu não o posso fazer por não perceber nada de arte,todavia respeito muito e tenho a certeza  que só génios poderiam ter concebido tais maravilhas,assim ao de leve posso dizer que agora sei quem são "As meninas de Velasquez"vi de José de Ribera"La mujer barbuda"vi o retrato do Imperador Carlos v pintado por Tiziano,vi uma paisagem lindissíma de Toledo pintada por (El Greco),vi "Los borrachos"de Velasquez,vi "La adoracion de los reis magos" e o "Agnus Dei"pintados por Francisco Zurbarín,vi um verdadeiro "Caravaggio"chamado(David vencendo Golias),um  busto da Rainha Isabel II esculpido por Camillo Torreggianni impressionante porque tem um véu cobrindo-lhe o rosto (mas um véu esculpido não de tecido)...e muito mais eu vi hoje que me deixou impressionada e lastimando que haja pessoas amantes de arte e entendidas que não possam nunca chegar a ver o que eu vi.
É estupendo  e enriquecedor ter uma oportunidades destas,uma oportunidade que não tem classificação a verdade é que me sinto hoje mais rica.
Pois!_estive a visitar o Museu do Prado,ainda que apenas duas horas mas valeu por muitas que por vezes perco a olhar para nada.
Por cá costuma dizer-se (Se vienes a Madrid já eres de Madrid)pois sente-se que as pessoas gostam que estejam cá estrangeiros,tratam-nos com uma simpatia ímpar,e mesmo quando não vem um sorriso espontâneamente,sempre se consegue arrancar passados um ou dois segundos...
(EU)
26-11-2010
21.00H

Sem comentários: