sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Se eu amanhã...


...se amanhã eu morrer,
peço ao vento que me sopre...
se amanhã eu morrer,
peço às nuvens que me levem...
se amanhã eu morrer,
peço ao sol que me substitua...
se amanhã eu morrer ,
e nunca mais for tua...
se amanhã eu morrer
comigo te levarei...
se amanhã eu morrer,
se amanhã eu morrer...
espalha minha cinza ao vento,
se amanhã eu morrer...
eterniza esse momento,
se amanhã eu morrer...
não me faças companhia,
se amanhã eu for morta...
segue a vida com alegria!
Adelina Charneca*

Sem comentários: