quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Viver sem rede


...vi uma lágrima no vento...
ele já sabe daquele momento...
vi outra lágrima no céu...
ele já sabe de tudo meu e teu...
vi uma lágrima de adeus...
sei que era dos olhos teus...
estava uma lágrima na rua...
percebi que era de saudade...
a tua...
chorei uma lagrima sem querer...
era de vontade de te ver...
as lágrimas formaram um rio...
 e eu...tremia de frio...
colhi essas lágrimas na mão...
e lavei o meu coração. ..
fingindo não perceber...
 fiz de conta que estava a chover...
corri apressada por aquela estrada,...
tremendo de frio, gritando ao vento...
o meu sofrimento,...
e o vento  abraçou-me,naquele momento...
julguei que eras tu...
senti um calor no meu corpo nu...
era o sol que chegava...
 então percebi, que o meu sonho...
ali terminava!!!

Sem comentários: