segunda-feira, 14 de outubro de 2013

As luas e eu


...já a lua cresce de novo...
aproxima-se mais uma lua cheia...
...quantas já passaram...
desde aquele dia...
em que a lua mentia...
desde aquela lua...
que não era minha nem tua e...
assim mesmo...
apropria-mo-nos dela...
quantas luas eu já vi cheias na minha janela???
...já esqueci...não as contei...
mas...
foram tantas luas e palavras tão formosas...
que descobri que todas as luas...
são ...MENTIROSAS!!!
Adelina Charneca*

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...