segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Dói...


...arrancarei de mim cada pedacinho teu
...partirei para longe cruzando o azul do céu
o coração desfeito...
contrafeito...
pedaço por pedaço deito-o ao mar...
pedaço por pedaço...
deixarei de te amar...
Ah...quanta força terei que fazer...?
Sei que vai doer ...
doer!!!
No final...
o doer nos fará viver...
Ai...como dói este arrancar de mim a ti...
Ai...como faz mal esta dor lancinante
do arrancar do coração...
aqui.
....não quero mais esta dor...
nunca mais...
nunca mais quero o amor!!!
Adelina Charneca*

Sem comentários: