quarta-feira, 17 de junho de 2015


...fizeram-se homens sem lágrimas
sem o dom da gratidão,
os dias e meses sumiram
foram p'la vida ,
onde outros nunca vão!
...fizeram-se mulheres sem culpa
incapazes de gemer,
parir é dor,
criar é amor
para estar viva,
tem que pedir desculpa!
...fizeram-se crianças sem brincar,
o rebentar das bombas,
são as canções de embalar!
...anda o mundo às avessas,
homens,mulheres e crianças
caem no chão como pétalas
como Rosas desfolhadas!
...nascem,vivem e morrem,
sem ter tempo para amar,
sobra-lhe...
para guerrear!
Adelina Charneca*

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...