domingo, 19 de agosto de 2012

Recordações



Hoje o vento uiva,rosna
Sopra daqui e dali
Move tudo aqui por dentro
Está –me rallhando eu sei*
O vento tras-me um cheiro
Cheiro de final de tarde
Cheiro de abraço desabraçado
Cheiro de abraço que não foi dado
Troca  de beijos inesperados
Sabores surpresa
De morango e mel
Dados,roubados
Amargados
Sabem a fel
Seriam de bom sabor
Se trocados com amor
O vento corta-me o ar
Eleva-me o pensamento
Na vontade ‘’de ficar’’
Apenas escutando-o
Escuto teu nome
A sonhar.
(EU)Adelina Charneca
19-08-2012
13.30h

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...