quarta-feira, 23 de maio de 2012

Pelos cantos com saudade



Os cantos da casa falam-me de ti
Hoje os cantos da casa sentiram-te em saudades
Nos cantos da casa em que te percorri
Nos cantos da casa onde te beijei
Aqui nos cantos da casa
Em que te deixei
Estes cantos que tão bem te conhecem
Dizem-me dos cantos que em ti estremecem
Nos meus cantos
Nos teus cantos
Esquinas dobradas
Em horas de amor saciadas
Nos nossos cantos
Que desejam amor
Cantos de beijos
Que se abrem em flor
Para ti  e para mim
Nos nossos cantos
Da casa.
(EU)
23-05-2012
20.00h

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...