quarta-feira, 9 de maio de 2012

Amanhecer

Quando acontece a manhã
No meu corpo de mulher
Algo nasce em mim
Que(con)vida
a vontade de viver
Quero adormecer contigo
amanhecer em ti
viver o dia ao teu lado
amar-te sempre
com o teu amor
em mim tatuado.
Quero ter-te agora e sempre
Nas manhãs tardes e noites,
amar-te,
respirar-te,
viver-te.
Em ti fazer nascer vida,
em ti viver,
em ti morrer
renascer de novo
em ti.
Amando-te mais
e mais
AMOR.
(EU)
09-05-2012
06.30h

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...