quinta-feira, 29 de outubro de 2015

...escrevi-te uma carta, curta mas mesmo assim escrevi-a nela coloquei tudo de melhor que tenho o meu amor por ti, achei-me ridícula a culpa é dele do poeta mas pensei melhor e enviei-te a minha carta aquela que te escrevi com todo o meu amor... AMOR! Adelina Charneca

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...