quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

...já no teu ser me escuta a voz atenta que nâo grita a dor que a maltrata e atormenta ...
Adelina Charneca

Sem comentários: