quinta-feira, 5 de dezembro de 2013


...e ...sentiu um arrepio na pele...
uma espécie de estertor final. ..
percebeu que era chegado o seu fim, fechou os olhos para nunca mais os voltar a abrir mas...
não tinha chegado a sua hora, permaneceu imóvel horas sem fim até que...
sentiu um perfume no ar...
sentiu o seu respirar...
céus ele estava ali, tinha morrido com ela...
era imenso o seu amor...
Já não tinha dúvidas...


Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...