sábado, 7 de abril de 2012

Apenas e só......


Chegas bem perto de mim e,
dizes-me coisas ao vento,
à chuva,ao luar,
em horas fora de horas
sei ...
que não me dizes tudo que te apetecia
engoles em seco e
pela força do hábito
já nem te engasgas com as palavras não ditas...
Amo-te,adoro-te,venero-te.
Se me amas,
ama-me de verdade,
como eu gosto
não como tu achas que deves amar
se me adoras,
cobre-me de jóias e diamantes
se me veneras,
não olhes para mais nada
que não seja a minha direcção
a minha pessoa
o meu ser clandestino
em deligencia
conduzida por estreitos caminhos
cheios de pedras e espinhos
se me queres,
toma-me a meu gosto
só a meu gosto............
(EU)
06-04-2012
00.00h

Sem comentários: