sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Conto de Natal

Conto de Natal
--------------------------
------------------------------------
--------------------------------------------
A lua  esta noite brilha de uma forma especial,até as   estrelas  parecem  correr e saltitar de alegria em jogos de escondidas ou quem sabe de apanhada,esta é a noite mais fria do ano.Estamos num campo de refugiados algures no mundo ,Kim um menino de 8 anos  e a sua  família,5 irmãs ,a mãe e a avó seguem  de mão dada em direcção ao centro do campo onde se espera ansiosamente  a chegada dos camiões que esta noite  lhes vêm trazer alguns mantimentos incluindo bebidas quentes (talvez só chá)tudo se resume apenas a 1 ou 2 kilos  de arroz  um pouco de leite  e nada mais, hoje é noite de Natal e não   pensam em mais nada que não seja na bênção de poder comer um pouco de arroz  e “talvez”beber um pouco de chá quente.
Kim corre feliz na frente do grupo de familiares que o segue embevecidas por tanta alegria de viver no caminho de volta para casa  enquanto  trauteiam em coro uma canção alusiva à época  .Com o estômago  aconchegado  chega a hora de repousar, acomodam-se na tenda que foi distribuída à família deste pequeno rapazinho  de 8 anos.
Kim adormece no meio das mulheres da sua família que assim o mimam distribuindo  o seu calor aquecendo dessa forma o seu pequeno e franzino corpo pouco agasalhado;
__Adormece,e desta vez sonha que vive numa grande mansão onde teria terminado uma apetitosa refeição numa larga e comprida mesa servido por um mordomo irrepreensivelmente  trajado a quem pergunta onde estão os seus pais e porque não o acompanharam na refeição?
__O pai tivera uma importante e inadiável reunião de negócios  e a mãe deveria chegar de uma viagem  de lazer nessa noite já fora de horas;__respondeu o mordomo.
Um ruído não identificado fez com que Kim despertasse  do seu sonho  e ao fazê-lo fica por momentos com os olhos arregalados fixos no tecto da tenda de campanha ,sua casa no campo de refugiados  pensando no seu estranho sonho   vira-se então para um  e outro lado olha com carinho a sua família e sente  o aconchego que por ela lhe é proporcionado.   .Agradece ao Menino Jesus que nasceu nessa noite por ter quem o ame e não o abandona a troco de nada ,dá um profundo suspiro e volta a adormecer com um sorriso inocente no rosto miudo,pensando já na manhã seguinte em que voltará a jogar futebol com as outras crianças do campo  com a sua bola feita a partir de trapos velhos pela sua irmã Noor.
Kim o menino que vive na guerra dos adultos  a quem o amor familiar aquece de dia e de noite.
Fim
(EU)
19-12-2011
???

Sem comentários: