sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Amar é de loucos perder a razão aos poucos sentir um tremor nos pés e de repente já nem sabes quem és tirar jackpot na roleta da vida apostar no cavalo certo sem medo e sem medida amar é de loucos é de perder a razão aos poucos. Adelina Charneca

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...