quarta-feira, 15 de outubro de 2014



É na alma e da alma que nascem os sentimentos mais profundos
é no peito e para o peito que todo o amor se põe a jeito
é em ti e em mim que tudo nasce e tudo morre
é por mim e por ti que os dias passam iguais
é em nós que o amor nasce e vive ...
é por nós que o mundo corre
é assim que não estamos
assim na distância,
assim na saudade
é assim que tudo é verdade
Adelina Charneca

Sem comentários: