quinta-feira, 2 de outubro de 2014


Não há poema que me valha,
se tu não me queres ouvir
não há sorte que me ajude
nem dormência ,nem sentir
não há horas para a saudade
nem dias para chorar
há sorrisos meus para ti
e muito tempo para amar
poesia são palavras
emoções que não senti
tristezas são estados de alma
as caricias são calmantes
os beijos são como rosas
carinho de dois amantes!
Adelina Charneca

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...