sábado, 7 de março de 2015


...havia um retrato parado no tempo
esse tempo ,
que morde por fora e magoa por dentro
um brilho nos olhos ,
um ar de menina
despia a saudade ,
e ...sacudia o pó!
Adelina Charneca

Sem comentários: