sábado, 12 de janeiro de 2013



...ao luar,
ao dia e à noite...
por meses...
semanas...
intermináveis...
segundos eternos...
de espera...
solidão...
tremor...
temor...
tantos dias...
tantas noites...
sem''sorriso''
tanto tempo sem no tempo se fazer o tempo de nós!
Adelina Charneca *

Sem comentários:

''PARA QUE NÃO DIGAM QUE NÃO FALEI DE POESIA'' Recordo o dia em que no mítico Teatro Tivoli se ouviram inesperadamente as pa...