sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Coração esfarrapado



Rasguei o meu coração
Fi-lo em mil pedacinhos
Separados
Afastados
Descoloridos
Impossível de serem costurados
Fiz com eles uma bandeira
Acenei com ela para o céu
Pedi às nuvens e ao sol
A todo o infinito
Que me trouxesse
O amor mais bonito
O mais colorido
O mais sorridente
O mais surpreendente
O mais amigo
O mais saudoso
Carinhoso
Afectuoso
De todos os amores
Sem me fazer favores
Me querendo
Me amando
Nunca me torturando
Nunca me esquecendo
Mimando-me
Com carinho
E sempre com um beijinho
De mansinho
Desejando...
Bom soninho!!!
Adelina Charneca

Sem comentários: