sábado, 16 de fevereiro de 2013

Em duas vidas



(Olho as estrelas e vejo-te
Escuto o canto dos passaros e encontro-te nele
Olho as flores e lá estás tu
Sinto a chuva e tocas-me a pele
Ouço uma música e danço contigo
Abraço a minha almofada
sinto os teus braços
acordo e vejo-te tão perto
que quase sinto o cheiro do amor
observo as nuvens
espero que saias de dentro delas
penso palavras para escrever...
só sai o teu nome
meu amor!)
‘’Tu e eu’’
Adelina Charneca

Sem comentários: